Arquivos para 5 de April de 2007

O que é Ser Livre???

5 de abril de 2007 — 1 Comentário

                     Haviam muitas coisas me inquietando nestes últimos dias, e eu tenho que admitir, pesarosamente, que não era o Espírito Santo. Porém, em meio a tanta confusão, parei um pouco de me debater e ouvi meu Ajudador me questionar justamente no ponto em que eu me considerava forte… E Ele me indagou: "afinal de contas, o que você chama de ‘SER LIVRE’?!? Você propaga aos quatro ventos que ser livre é muito bom, que ser livre é estar na presença de Deus, desfrutar da segurança de ser guardado por Ele, ter um futuro glorioso garantido pela promessa de que somos mais que vencedores em Cristo, que não há o que temer pois maior é o que está em nós do que o que está no mundo e tantas outras definições de liberdade… Declarações sem fé de uma realidade que você não vive, pois ainda está amarrado ao que acontece ao seu redor, deixando de pensar nas coisas "do alto" para dar atenção ao que está se passando na esfera natural. Canta louvores de vitória com sabor de derrota, repetindo maquinalmente o refrão numa tentativa desesperada de tornar realidade o que o pastor receitou no último culto; passa mais tempo dando ouvidos ao que o diabo tem pra falar do que meditando na palavra de Deus; pede conselhos a uma dúzia de pessoas, mas não tem intimidade suficiente comigo pra reconhecer quando estou falando, e quando falo, você não dá importância, por que não satisfaz a sua alma. Ser livre??? Como assim livre?!? A liberdade que Eu lhe dei vai além do que você pode compreender e você só vai desfrutá-la quando tirar os olhos da carne, e os puser em Mim. Seguidamente eu tenho dito pra que descanses em mim, esperes em mim e eu resolverei a sua vida pois os planos que tenho para vós são de paz, não de mal. Porém, se comporta como quem saiu do Egito, mas não permite que o Egito saia de você… Tenta resolver tudo a seu modo, atrapalhando meu agir a seu favor e contradizendo as palavras de amor e confiança que me declarou em oração… Medite sobre a liberdade, me CONHEÇA, e então você vai poder desfrutar dela em sua plenitude e ser usado por mim para desenlaçar outros dessa ‘escravidão maquiada’ que vivem".

 

" Por que não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai" Rm 8:15

Anúncios

           Quando vamos ter a consciência do poder que a Palavra tem? Quando vamos nos deixar conduzir por ela? Reger as nossas atitudes, palavras, pensamentos? Quando vamos decidir nos expor a ela sem reservas? Em que momento vamos abrir os compartimentos secretos da nossa alma para que o rio de vida penetre e traga vida a TODO o nosso ser, sem exceção de nenhum pequeno pedaço de nós? Lá em Lucas 21.38, a bíblia diz que todo o povo madrugava para ir ter com Jesus no templo, a fim de ouvi-lo. Sabe, quando eu li essa passagem eu pude vislumbrar como são sábias e tremendamente poderosas as palavras de Cristo. Multidões levantavam de suas camas de madrugada para OUVIR suas palavras! Sabe, tenho certeza que as pessoas não se contentavam em ir até lá e observar de longe, mas elas iam a fim de ouvir o que Ele tinha a dizer, pois eram Suas palavras que as libertavam. O que saía da boca de Jesus tinha – e ainda tem – poder, pois tudo quanto Ele falava, o fazia pois Deus o havia prescrito o que dizer e o que anunciar (Jo 12:49). Na verdade, a unção de Jesus, das palavras perfeitamente sábias dele, cheias de graça e poder, atraía e prendia as pessoas, a ponto d)o povo ficar dominado por elas e os "maiorais" da época não poderem eliminá-lo (Lc 19:48). Se formos cogitar acerca dessa cena, podemos ver uma multidão sedenta pelas palavras de vida eterna, tão "hipnotizadas" com tamanha sabedoria em uma só pessoa, que não lembravam de comer, de beber, de trabalhar, dos afazeres que deixaram de lado para estarem ali… apenas ouviam. Alguns para questionar, como céticos analistas, verdadeiros detectores de erros – frustrados, é óbvio – prontos para encontrar uma falha e derrubar por terra a credibilidade do Mestre. Outros iam além, até chegavam a incitar Jesus ao erro, faziam "pegadinhas" com Ele, trazendo questões polêmicas e de dificil interpretação, como os casos de cura nos sábados e a questão da mulher adúltera, por exemplo. Mas haviam aqueles que estavam ali pra beber da fonte da vida. Haviam os que estavam desejosos de conhecer o Pai, de adorá-lo. Nos dias de hoje não é diferente: muitos param para ouvir a palavra, mas nem todos se rendem a ela; nem todos abrem seus corações para experimentarem a magnitude do poder de Deus. Muitos a ouvem com a intenção de contestá-la e expô-la a análises à luz de teorias humanas, falhas… mas nem por isso se pode negar o poder de atração que há nela! Um dos maiores best-sellers do mundo, há mais de três anos no topo da lista dos livros mais vendidos do foi transformado em filme e está lotando os cinemas: O Código Da Vinci. Ele usa o anátema da contestação da divindade de Cristo como tema-base do seu romance. E eu posso dizer sem medo de errar que é isso que faz o sucesso da sua história. A palavra que dividiu o tempo: como desprezar o poder de tão grande influência? Por isso o povo saía de madrugada para ouvi-la! Sabe, me entristece sobremaneira saber que pessoas saem de suas casas para estar em eventos religiosos e se prostarem diante de imagens que nada podem fazer por elas, nem mesmo ouvi-las, quanto mais falar aos seus espíritos!Elas poderiam estar ouvindo as preciosas palavras daquele que tem poder não só de ouvir nossa voz, mas de sondar o nosso coração e conhecer o nosso clamor antes que saia da nossa boca! Ele é o Verbo. A expressão exata de um Deus que é um Pai cheio de amor e compaixão.E quando aquele centurião mandou dizer a Jesus que bastava uma palavra dEle para que o seu servo fosse curado (Lc 7), Ele estava tendo consciência plena do poder da palavra de Jesus, e o mais impressionante é que o centurião nunca esteve na presença dEle, apenas tinha OUVIDO FALAR de Cristo… Isso te diz algo? Estejamos prontos para ouvir. Mas com a intenção correta no coração: isso fará toda a diferença!

As armas certas

5 de abril de 2007 — Deixe um comentário

                  As armas da nossa milícia são outras, não são carnais, já disse o apóstolo Paulo (IICo 10:4), não lutamos contra a carne nem o sangue (Ef 6:12) e precisamos compreender no espírito a plenitude dessa afirmação tão poderosa… só aí seremos mais que vencedores, não como um "grito de guerra" entoado sem base de fé, mas em verdade, na prática.

                  Vejo pessoas querendo usufruir das bênçãos de Abraão sem exercer a fé que ele ensinou, e eu sinto muito ter que concluir isso, mas com certeza elas irão se frustrar! O grande problema é querermos tratar nossas vidas espirituais como se fosse uma ramificação da nossa vida natural, quando na verdade, ela sim é a mola-mestra de tudo o que nos rodeia, é no reino espiritual que as nossas maiores guerras são travadas e é nos concentrando nela que vamos vencer. Quando a consciência de que atitudes no âmbito físico têm eco no sobrenatural chega, deixamos de querer "dar um jeito" nas coisas conforme julgamos conveniente e aprendemos a usar o potencial do nosso poderio "bélico" da forma apropriada, lutando contra os principados e potestades que estão a todo tempo fazendo aquilo para que vieram: roubar, matar e destruir(Jo 10:10). O resultado dessa tentativa tola de resolvermos com lógica questões espirituais só nos traz desgaste emocional, ferindo a alma e atrasando o momento de Deus nos abençoar com aqulo que tem preparado pra nós. Amados, a nossa esfera espiritual não é apenas um detalhe do nosso cotidiano, não é apenas um momento egoísta de oração em que só pedimos para sermos abençoados e dizemos amém. Não, o nome disso é religião, e não fomos chamados em Cristo para sermos religiosos, isso é farisaísmo, voltar para o Egito. Se tratamos Deus como um detalhe da nossa existência, assim Ele será para conosco! Somos nós quem O limitamos, onde não deixamos Ele agir Ele não se mete. Nosso Pai é educado o suficiente para só se envolver no que é chamado, o nome disso é ética. À medida que desenvolvemos uma comunhão e intimidade com Ele, podemos compreender como há amor na Sua forma de lidar conosco e vemos a grandeza do Seu agir, então podemos confiar que haverá uma solução do alto para aquilo que já tentamos resolver com todo o nosso entendimento, alma e forças. Deixa Deus agir na tua vida, usa as armas certas e faz aquilo que tens direção pra fazer, com cada vírgula da instrução que te foi dada… não tenha medo! Você terá uma vitória triunfal.

Eu estava chorando em uma praça da minha cidade certo dia, quando se aproximou de mim uma senhora de meia-idade e me disse as seguintes palavras:

“Deleita-te no Senhor, filhinha, e Ele tudo fará!”

Gente, por um momento eu esqueci da angústia que estava sentindo e, em princípio, comecei a rir, para em seguida, meditar naquilo. Que curioso, a mistura da falta do conhecimento com a disposição de ser usada, a vontade de ser instrumento de Deus e ajudar quem está precisando!!!

Incrível sabe, por que eu pude reconhecer Deus naquela atitude e receber duas mensagens “do alto” em uma só, através de uma pessoa aparentemente que poderia ser taxada como cheia de religiosidade e impiedade.

Sabe, nós costumamos rotular o agir de Deus e muitas vezes deixamos de ser abençoados por isso… Amados, Deus é surpreendente! Não porque Ele mude, mas por que pode fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos e pensamos!

Não importa, quando Deus quer falar conosco, ele vai falar! A Palavra diz fala que Ele usou até uma jumenta (Números 22.28), quanto mais um coração quebrantado e desejoso de ajudar!

Naquele dia, ele me disse: “deleita-te em Mim, e Eu satisfarei os desejos do teu coração” e também “entrega-me o teu caminho, confia em mim e Eu tudo farei” em uma só tacada!

Como Deus é maravilhoso! Ele cuida de nós… Aleluia!!!

Nem sempre é fácil…

5 de abril de 2007 — 1 Comentário
 
       Nem sempre é fácil levar tudo "numa boa"… (muitas vezes é muito difícil levar apenas algumas coisas) mas sempre é necessário ter bom ânimo nas circunstâncias adversas.
Sabe, poucas fases- ou seria melhor dizer, poucos dias? – das nossas vidas estaremos em circunstâncias ideais, mas se tivermos os pensamentos ideais poderemos passar por elas de uma forma "bacana" e principalmente ter equilíbrio para administrar as turbulências…
Ao longo deste último ano Deus me ensinou coisas maravilhosas q eu estou tendo oportunidade agora de experimentar na prática e eu posso te dizer q não está sendo fácil, porém tem sido gratificante ver os frutos da obediência aos princípios divinos! Olha, funciona mesmo!!! Um destes maravilhosos ensinamentos é colocar os olhos no alvo: Jesus. Ele não vai nunca no abandonar! Ele jamais irá nos decepcionar… em qqr situação irá nos socorrer e sabe… se aquilo q vc está pensando não der certo… calma! Ele tem uma solução!!!
 
Mas lembre, pode até não ser fácil… mas não é impossível!!