Arquivos para Planos

Medo da Vontade de Deus

28 de outubro de 2012 — 7 Comentários

Houve um tempo (não muito recente e nem muito far away), em que eu temia a vontade de Deus. Para mim, ela era uma incógnita, um grande mistério insondável a respeito do qual eu não me atrevia a pensar e receava questionar, afinal, fosse lá o que ele tivesse em mente a meu respeito, como Deus soberano criador de céus e Terra, ele devia saber o que estava fazendo.

No entanto, ter ciência de que Deus certamente era preciso em seus projetos não me tranquilizava. Eu me pegava, por muitas vezes, imaginando-o Continue lendo…

Anúncios

Do jeito que eu sou

19 de dezembro de 2011 — 9 Comentários

Tenho quase um metro e oitenta, minhas mãos são enormes, calço 39 quando não tem 40 e passei os primeiros 22 anos da minha vida numa acirrada luta contra a balança.

Sou mega-hiper-ultra-desastrada, roí as unhas até o sabugo por anos a fio, tenho ciúmes dos meus amigos, tento aprender violão há séculos (não com tanta perseverança) e não saio da mesma música.

Eu falava “assim”, com a língua nos dentes. Era tímida, acredite (na realidade, em essência ainda sou, embora interprete muito bem a expansividade).“Burra” em geografia e história, gosto de pensar que sou boa em matemática e português, mas não sou fluente em outra língua por “medo de perder” a nativa.

Tenho dificuldades de concentração, esqueço fácil de dar o recado. Rotina não é meu forte, disciplina é esforço sobre humano, e gosto de guardar coisinhas velhas com significado – além de alguns segredos…

Ta bom, não vou falar todos os meus defeitos, afinal, ainda quero um pouco de crédito da sua parte, pois tenho algo a dizer. Algo, aliás, que pode mudar a forma como você se vê. Continue lendo…

Mundo-Xadrez

1 de fevereiro de 2011 — Deixe um comentário

Olá pessoal!

Depois de alguns dias em Bauru-SP, onde estive ministrando a Palavra na Igreja Renovada, estou em Sampa (capital) e, portanto, totalmente sem tempo para escrever! Mas vi este post no blog da Thah (que eu nem sabia que tinha um blog, ó…rs…) e achei super legal! Decidi compartilhar com vocês então.

Um beijo carinhoso a todos e espero que reflitam, ok?

No amor de Cristo, Lu Honorata.

“Quando eu vi esta foto me veio logo aquele pensamento: “eita, vou postar isso no blog” ,eu gostei muito esta imagem, nos mostra de uma maneira figurada como somos. Continue lendo…

O que Deus quer para você?

27 de janeiro de 2011 — 6 Comentários

“…não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor.” (Efésios 5.17)

Eu sei, essa é uma das perguntas mais feitas pelos cristãos. A gente se converte, passa instantaneamente a ter prazer na Lei de Deus, e já começa a “fuçar” nas coisas espirituais a vontade de Deus para nossas vidas. Queremos saber o que o Pai espera de nós, os planos que ele tem a nosso respeito. Desejamos fazer a sua vontade imprescindivelmente. Continue lendo…

Mulher que se preza

26 de novembro de 2010 — 2 Comentários

Mulher que se preza, é mulher que se ama.  Esta assertiva não saiu do meu coração por dias a fio, numa espécie de lembrança recorrente, como aqueles conselhos de mãe que nos acompanham por toda a vida, mas que me foi dado pelo Espírito de Deus.

Tenho compreendido o valor do respeito a si mesma, às próprias limitações, às nossas peculiaridades, à maneira que o Senhor nos criou. Num mundo dividido entre o desprezo ao sexo frágil e o feminismo exacerbado, há certa dificuldade de nos vermos sob a ótica da Palavra de Deus.

É difícil, no fim das contas, equilibrarmos o nosso ego e encararmos as nossas qualidades com a modéstia de quem as reconhece como dons, enquanto aceitamos as nossas limitações com a consciência de quem sabe que não foi chamado para tal tarefa.

São muitas vozes, ora subestimando o nosso potencial, ora injetando revolta e soberba nos nossos corações, pervertendo a criação de Deus, chamando-nos a ocupar uma “poltrona” que não nos cabe, e o resultado de tudo isso é a frustração! Continue lendo…

Ele é quem sabe…

15 de junho de 2009 — Deixe um comentário

“Eu é que sei  os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais.” (Jeremias 29.11)

“Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” (Isaías 55.9)

Demorei muito tempo até desvincular esses dois textos na minha mente, e compreender que eram distintos. Eu simplesmente pensava que eles eram um só, e me atrapalhava sempre. Acredito que isto aconteceu porque foi através deles que o Espírito Santo me ensinou a confiar no Pai. Foi a partir daí, que segurança e conforto foram ministrados ao meu coração, pois tinha medo do meu futuro, até compreender profundamente como Deus pensava a meu respeito.

Talvez você ainda sinta medo da vontade de Deus para sua vida por algum motivo, mas a boa nova é que a Palavra declara que ele tem pensamentos bons e planeja um futuro de paz, não de mal, para nós. Isto não é maravilhoso? Pense bem: a mesma palavra que nos convenceu a respeito da vida eterna por meio de Jesus, nos garante que Deus, cheio de amor, tem pensamentos de PAZ, e não de mal, a nosso respeito, e isso tudo para nos dar o futuro que desejamos!

Gosto dessa versão porque diz: “EU É QUE SEI que pensamentos tenho a vosso respeito”. Descobrimos que é Ele quem sabe, e não nós, os planos que ele tem para que sejamos plenos.

Nosso Pai nos conhece muito melhor que qualquer outra pessoa, e melhor até do que nós mesmos. Ele sabe do que precisamos e o que nos fará felizes, até mesmo os desejos mais secretos, pois nos sonda e conhece.

Além disso, seus pensamentos e caminhos são muito mais altos do que os nossos, assim como os céus são distantes da terra! Aleluia! É por isso que não há nada que possamos planejar que seja mais completo e perfeito do que os planos de Deus, e também que nos sintamos tão insatisfeitos quando estamos vivendo da nossa própria maneira.

Muitas vezes, nos “seguramos” dentro dos nossos próprios projetos, impedindo que os planos superiores do Pai se cumpram em nós… Sejam relacionamentos conjugais ou de amizade, uma carreira que nos dá estabilidade, uma posição no departamento da igreja que nos dá destaque, hábitos ou idéias estabelecidas… enfim, não importa o que seja, precisamos “soltar” aquilo que é ideia nossa, e não está dentro do que o Espírito Santo, no seu ministério de ajudador, nos mostra que faz parte do plano de Deus. Precisamos ficar “com as mãos livres” e pegar o que ele já tem preparado para nós, sem medo.

Certa vez, conversei com uma amiga que dizia temer que Deus a lançasse no campo missionário, em algum lugar distante, miserável e sozinha, e por isso, não se firmava na igreja. Pessoas assim não conhecem o caráter de Deus e são dignas de compaixão.

Infelizmente, é assim que muitos cristãos estão vivendo: uma vida medíocre e vazia, mesmo sendo nascidos de novo, por que têm dado ouvidos aos temores que o diabo tem lançado sobre eles, desviando-os da vontade do Pai.

No entanto, a verdade é que não precisamos temer a vontade de Deus, pois é “boa, agradável e perfeita”(Rm 12.2) e o “verdadeiro amor lança fora todo medo”(1 Jo 4.18).

Deus deseja que compreendamos que, antes de termos um Senhor, temos um Pai que nos ama sobremaneira, e que não irá nos obrigar a viver debaixo de um jugo, oprimidos sob um governo tirano. Não! Ele é o que “opera em nós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade”( Fp 2.13).

Somos servos por amor, conduzidos docemente pelo nosso pastor aos pastos verdejantes e às águas tranqüilas que estão no centro da sua graciosa vontade.

Não tema a vontade de Deus! Largue o que for necessário para agarrar o que ele tem pra você e experimentará o gozo e a paz que excedem todo entendimento, pois “aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?” (Romanos 8.32)

Luciana Honorata Agostinho