Arquivos para setembro 2011

O Coração do Homem

22 de setembro de 2011 — 3 Comentários

Existe certa confusão no meio evangélico quanto ao conceito do que a Bíblia chama de “coração”.

Quero chamar a atenção para dois textos em particular, Jeremias 17.9 e I João 3.21. Jeremias diz que “o coração é enganoso, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto” ao passo que João fala “Amados, se o coração não nos acusar, temos confiança diante de Deus”.

João está dizendo que SE o coração não nos acusar TEMOS CONFIANÇA DIANTE DE DEUS! Ora, para que eu possa ter confiança diante de Deus, baseado no que me diz meu coração, é porque certamente ele é uma fonte de informação segura e não mais “enganoso” como havia dito Jeremias muitos séculos antes. Continue lendo…

Anúncios

Onde está o amor

8 de setembro de 2011 — 7 Comentários

Nós nos apertamos muito, às vezes durante longos trechos do caminho, às vezes durante o caminho todo, porque queremos ser amados. Esticamos a corda, fazemos escolhas equivocadas, abrimos brecha para as doenças, mentimos para nós mesmos, criamos as mais estranhas confusões, porque queremos ser amados. Machucamos, machucando-nos. Passamos ao largo dos sentimentos mais viçosos, das verdades mais intensas, das belezas mais risonhas, porque queremos ser amados. Erguemos muros altíssimos, quando tudo o que queremos é contato com a alma. Amordaçamos as nossas sementes, engaiolamos os nossos pássaros, tentamos conter os nossos rios, porque queremos ser amados. Continue lendo…

Poesia de Verdade

6 de setembro de 2011 — 3 Comentários

Eu sei, parece que eu gosto de poesia… Mas gostar de poesia parece meio piegas, tipo sentimentalismo barato ou coisa parecida, e isso não combina muito comigo.

Tá, tudo bem, eu gosto. Mas não de todas. Detesto poesia que não entendo – enigmas indecifráveis que só servem aos seus autores e seus egos. Mundinho particular impenetrável que não diz respeito a ninguém, muito menos a mim. Pode ser poesia para qualquer um, mas no meu mundo eu não definiria como tal. Continue lendo…

De um modo geral, adoro os vídeos do Rob Bell, mas esse é demais!

Ser discípulo é bem mais do que ir à igreja… Seja abençoado!

O Contrário do Amor

1 de setembro de 2011 — 4 Comentários

Já que estou sem tempo de escrever esses dias por causa das aulas no Rhema, vou colocar alguns textos que gostei de ler nos últimos tempos. Este é mais um de Martha Medeiros, que além de escrever maravilhosamente bem, tem uma sensibilidade incrível! Vale a pena cada linha! Abraço a todos… até breve!

O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença. Continue lendo…