Arquivos para Só Para Meninas

Feitas para o amor

8 de março de 2013 — Deixe um comentário

saude-coraçao-mulherDe todas as mentiras contadas a respeito das mulheres, a maior delas é que não sabemos o que queremos – essa aí, é cabeluda. Nós sabemos, sim! É que nós queremos muitas coisas, e no meio de tantos desejos, priorizar e destacar apenas um torna-se uma missão ninja.

No entanto, trocando em miúdos, depois de juntar tudo e fazer a prova do noves fora, o que toda mulher quer e precisa é ser amada. Admitamos ou não, este é anseio mor da natureza feminina, que se sobressai a todos os outros.

Daí a nossa excelência em sermos lindas, perfumadas, arrumadas, caprichosas e talentosas. Daí o nosso esmero em sermos multifuncionais, esbanjarmos charme e sensibilidade. Daí nossa habilidade de superação, de empenho, de versatilidade, Continue lendo…

Anúncios

A Pergunta Proibida

16 de janeiro de 2013 — 12 Comentários

3


Dizem que não se deve perguntar a idade de uma mulher. Parece que fazer isso, nos dias de hoje, é tido como falta de educação, ética ou etiqueta; um ato considerado como crime passivo de penalidade de fuzilamento, pelo menos no olhar. Isso quer dizer, trocando em miúdos, que se você não quiser correr o risco de ser deselegante, jamais deveria fazê-lo.

Contudo, a poucos dias de completar os célebres-paranoicos-esquizofrênicos 30, considerado comumente como a fronteira etária de conforto para se responder a uma pergunta dessa natureza, tenho me perguntado seriamente quem começou essa brincadeira de mal gosto!

Afinal, o que há de errado ou desonroso em entrar na quarta (ou quinta, ou sexta…) década de sua volátil existência?!

Eu honestamente entendo algumas neuras que se pode ter em relação ao que provavelmente vai acontecer com o seu corpo a partir daí. É justo ponderar sobre o assunto, e é normal se sentir impotente em relação ao caso, mas ainda não justifica tal desconforto.

Alguém poderia tentar explicar, argumentando que os homens têm certo preconceito com mulheres mais (digamos) maduras, e as moçoilas apenas se protegeriam do bullying machista guardando o segredo a sete chaves. Outra pessoa, menos “sociológica” e mais “psicológica”, entretanto, poderia dizer que na realidade as mulheres fazem isso para não se sentirem velhas. (Neste momento estou tentando pensar em outra razão, mas nada me vem à mente…)

Bom, confesso que lembro claramente de, aos 15 anos, pensar exatamente dessa forma: “Mulheres de 30 são velhas, pelamordedeus!”. Achava que, neste ponto da vida, eu já saberia quase tudo relacionado a mim mesma e ao meu futuro, teria minha carreira definida, e todas as lacunas sociais e filosóficas preenchidas, e “blá-blá-blá, já posso morrer em paz!”.

Imaginava, na minha doce inocência Continue lendo…

Eu tenho inveja da minha prima. Mas é aquela “inveja branca”, de tiete, tipo aquela que dá quando você vê Celine Dion cantando e, ao mesmo tempo que acha incrível, maravilhoso, estonteante e todos os sinônimos superlativos que existam, lamenta não conseguir imitar a performance à altura. “Como eu queria cantar como ela!”, você pensa, “um dia, quem sabe, eu chego lá”.

É que ela escreve melhor do que eu. Ela é descolada, divertida, hilária e emocionante. Tudo ao mesmo tempo (ou no tempo certo). Dá vontade de ler mais e mais das coisas que ela escreve, e às vezes é só um email de “oi, ta tudo bem com você?”, e zé fini! Dá raiva! Você fica querendo mais e acabou logo ali, no “dá notícias”.

Mais raiva ainda, porque ela não se esforça pra isso, simplesmente flui dela, como águas de um rio. A danada pensa daquele jeito… vê se pode!

Foi por isso que, desde que ela me mandou (há um bom tempo) um bendito e-mail acerca das coisas do coração (mentira, era sobre minha solteirice :-P, rs…), eu pensei Continue lendo…

Do jeito que eu sou

19 de dezembro de 2011 — 9 Comentários

Tenho quase um metro e oitenta, minhas mãos são enormes, calço 39 quando não tem 40 e passei os primeiros 22 anos da minha vida numa acirrada luta contra a balança.

Sou mega-hiper-ultra-desastrada, roí as unhas até o sabugo por anos a fio, tenho ciúmes dos meus amigos, tento aprender violão há séculos (não com tanta perseverança) e não saio da mesma música.

Eu falava “assim”, com a língua nos dentes. Era tímida, acredite (na realidade, em essência ainda sou, embora interprete muito bem a expansividade).“Burra” em geografia e história, gosto de pensar que sou boa em matemática e português, mas não sou fluente em outra língua por “medo de perder” a nativa.

Tenho dificuldades de concentração, esqueço fácil de dar o recado. Rotina não é meu forte, disciplina é esforço sobre humano, e gosto de guardar coisinhas velhas com significado – além de alguns segredos…

Ta bom, não vou falar todos os meus defeitos, afinal, ainda quero um pouco de crédito da sua parte, pois tenho algo a dizer. Algo, aliás, que pode mudar a forma como você se vê. Continue lendo…

Feias Bonitas

22 de agosto de 2011 — 7 Comentários

Vou confessar algo a vocês: a habilidade que algumas pessoas têm com as palavras me fascina. O poder de expressar um pensamento de forma bela, graciosa e interessante é uma arte que faz meu queixo cair. Não conheço muito da obra da autora – Martha Medeiros – e também não sei se ela é cristã, logo, vou avisando que desejei compartilhar este texto tanto pelo conteúdo (que fala de verdades que eu mesma nunca consegui transferir para o “papel”, embora pensasse igualzinho), como pela destreza com a qual foi escrito.

Aprendi que todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das Luzes… (Tg 1.17) Me alegro quando vejo um dom de Deus sendo expressado. Espero que você também goste.

Graça e Paz… Até o próximo post!

“Se você não é nenhuma Gisele Bündchen, não há motivo para se desesperar em frente ao espelho. Quem dera ser uma deusa, mas não sendo, há chance de ser incluída no time das interessantes. Junte nove lindas e uma mulher interessante e será ela quem vai se destacar entre as representantes do marasmo estético. Perfeição, você sabe, entedia. Continue lendo…

Carta ao Príncipe Encantado

30 de março de 2011 — 7 Comentários

Gente, eu simplesmente A-M-E-I este post da Clarinha, que li no blog  Issoehcoisademenina, no qual ela posta só para nós, princesas do Pai!

Pedi permissão para publicar no meu blog, mas já vou dando a dica pra que vc siga o dela, pois vai lhe render boas risadas e frutíferas reflexões.

Ah, rapazes, não se intimidem, vcs podem ler, afinal, vocês são os príncipes em potencial, não é? As dicas da Clara são preciosas para vocês também!

Abração e fiquem na paz!

Lu Honorata. 🙂

Caro Príncipe Encantado,

Levando-se em consideração que você tem demorado para chegar por essas bandas, e tenho ouvido tantas reclamações de meninas que anseiam a sua vinda, resolvi te escrever essa carta com umas dicas pra que você divulgue por aí, no seu reino, e facilite nossa vida também… Continue lendo…

A Isca Que Você Usa

22 de março de 2011 — 8 Comentários

Certa vez eu ouvi que a isca que você usa determina o peixe que você pega. Eu não entendo de pescaria e nunca sequer pesquei na vida, mas desde que ouvi esta frase nunca mais esqueci a lição que ela me trouxe. É um princípio simples, embora certeiro, que pode influenciar o seu futuro.

Quando se vai pescar (corrijam-me os especialistas se eu estiver falando bobagem) é usada uma isca para cada tipo de peixe que se quer pegar, e quem entende do assunto pode lhe indicar aquela que é mais adequada. Da mesma forma acontece na vida prática, e eu espero que você pare para pensar um pouco comigo sobre isto. Continue lendo…

Mais um post “Só Para Meninas”, aqui vai um texto extraído do Portal Verbo da Vida, da missionária Rita de Cássia. Adorei o texto da Rita sobre mulheres solteiras servindo ao Senhor… Eu TINHA que compartilhar! Espero que você seja abençoada, e em breve volto por aqui. Beijo grande a todos!

“Eu vejo que hoje em dia algumas pessoas demoram um pouco mais de tempo para casar. Os jovens estão sendo ensinados pela Palavra que existe um tempo certo para essa decisão, mas claro, a pessoa não deve demorar , porque nem é bom você casar muito velho, afinal, você ainda vai construir família. Então, acredito que não exista uma ordem, mas tem uma idade que seria boa para você formar uma família bem equilibrada. Continue lendo…

É o nome de um filme, mas bem que podia ser uma pregação, afinal, ainda que em ordem imprópria, pelo menos o título fala sobre ser suprido em três áreas: física, espiritual e emocional.

Estas são necessidades básicas de cada um de nós: todo mundo precisa de alimento natural; todo mundo precisa de comunhão com Deus; todo mundo precisa de relacionamentos. Somos seres espirituais, que possuem uma alma e habitam num corpo, e embora a protagonista da história não tenha tido a bem-aventurança de encontrar Jesus e descobrir o lugar de cada coisa em sua própria vida, nós temos a chance todos os dias de reajustar as nossas. Continue lendo…

À Luz da Luz

15 de dezembro de 2010 — Deixe um comentário

Certo dia eu estava tirando fotos quando isto me ocorreu. Estava numa daquelas lutas acirradas que as mulheres travam com as câmeras digitais para descobrir o ângulo infalível, aquele que lhe beneficia e esconde o tamanho do seu nariz, as marcas das suas espinhas ou o volume da sua papada, ainda que só você esteja vendo eles. Neste ínterim, foi que eu percebi o “fator luz”.

“Uau! Que achado!”, você poderia me esnobar. “Que bom fotógrafo não saberia que a luz é um dos maiores segredos para o sucesso dos cliques?” Pois é, todo mundo sabe disso, né? Calma, todo mundo é muita gente – digamos que a maioria das pessoas sabem! Mas minha descoberta, entretanto, não foi essa. Continue lendo…

Valorizem-se Mulheres!

13 de dezembro de 2010 — 3 Comentários

Oi gente!!!

Como estou completamente sem tempo para escrever, não tenho postado muita coisa esses dias, no entanto, lembrei de ter lido esse texto sobre mulheres no blog de um irmão e ter desejado postar no “Só Para Meninas”… É interessante, por ser o pensamento de um homem, e penso que pode ser útil para muitas de nós, saber o que homens de Deus estão pensando do comportamento das mulheres da igreja de Cristo.

Achei excelente o texto do Pedro, e quem quiser, visita o blog dele que é um sucesso!

Abraço a todos!!!

“Algo tem me entristecido quando olho para as jovens de hoje. Não sei explicar direito, talvez por ser homem, mas tentarei me expressar em alguns parágrafos. É como se as mulheres estivessem perdendo seu valor para elas mesmas. Aquele ideal de mulher criada por Deus está se perdendo. O pior de tudo como sempre, é ver isso acontecendo dentro da Igreja. Mulheres que não se valorizam como Deus as valoriza. Que não conseguem compreender o que é ser realmente mulher, muito menos mulher de Deus.

Se eu pudesse gritar uma palavra para todas as mulheres, cristãs ou não, seria essa: Valorizem-se!

Continue lendo…

Princesa

6 de dezembro de 2010 — Deixe um comentário
Oi pessoal! Li esse post de um irmão chamado Felipe Mastrillo, no Blog da Danny (Hope), e decidi postar aqui no “Só Para Meninas”… Uau! Meninas, vocês precisam ler isso!
“Conversei a pouco tempo com uma amiga sobre vida dela. Fiquei triste e por causa disso estou sendo motivado a escrever esse post. Espero que ajudem a vocês mulheres.
A primeira coisa que quero dizer a você é: você já encontrou o homem da sua vida. Você já o conhece. Você já se relaciona com ele. Ele te ama como ninguém. Ele quer você por perto. Seu nome? Jesus Cristo, seu Senhor e meu também. Porque Jesus não está interessado no que você pode dar a Ele, porque ele sabe que você não pode dar nada. Na verdade, ele sabe que você precisa de segurança, de amor, de carinho, de cuidado, de confrontação, de direção. E ninguém melhor que Ele para fazer isso. Ele é o amor da sua vida. Ele é homem da sua vida.

Só Para Meninas

4 de dezembro de 2010 — Deixe um comentário

Oi, gente! Estou inaugurando uma seção no blog só para meninas! Nada contra os rapazes, ok? Mas nesses dias estava meditando sobre como o Senhor me libertou como mulher em áreas nas quais vejo tantas e tantas meninas sofrendo, que decidi também usar este espaço para abençoar outras garotas naquilo em que Deus me alcançou.

Sempre resisti a escrever ou pregar para mulheres, e não sei explicar bem o porquê disso, mas acredito que seja pelo fato de ter ouvido inúmeras ministrações desequilibradas e discriminatórias sobre nós, ou mesmo porque, para mim, ministério feminino era sinônimo de mulheres chorosas reunidas para orar por um marido – ou para consertarem o que têm. No entanto, como em muitos outros casos, eu estava errada, e Deus tem transformado e ampliado a minha visão sobre este tema, e derramado graça sobre a minha vida para ministrar dentro dele. Continue lendo…

Mulher que se preza

26 de novembro de 2010 — 2 Comentários

Mulher que se preza, é mulher que se ama.  Esta assertiva não saiu do meu coração por dias a fio, numa espécie de lembrança recorrente, como aqueles conselhos de mãe que nos acompanham por toda a vida, mas que me foi dado pelo Espírito de Deus.

Tenho compreendido o valor do respeito a si mesma, às próprias limitações, às nossas peculiaridades, à maneira que o Senhor nos criou. Num mundo dividido entre o desprezo ao sexo frágil e o feminismo exacerbado, há certa dificuldade de nos vermos sob a ótica da Palavra de Deus.

É difícil, no fim das contas, equilibrarmos o nosso ego e encararmos as nossas qualidades com a modéstia de quem as reconhece como dons, enquanto aceitamos as nossas limitações com a consciência de quem sabe que não foi chamado para tal tarefa.

São muitas vozes, ora subestimando o nosso potencial, ora injetando revolta e soberba nos nossos corações, pervertendo a criação de Deus, chamando-nos a ocupar uma “poltrona” que não nos cabe, e o resultado de tudo isso é a frustração! Continue lendo…